0800 000 0696
Imagem ilustra gestão de OTAs, as online travel agencies - Parceiros OYO

A estratégia de distribuição online pode parecer complexa mas é, hoje, um método essencial para a manutenção do negócio no setor de hotelaria. De acordo com dados da Foco Multimídia, as online travel agencies foram responsáveis por 92% dos fluxos de reservas geradas durante o ano de 2020. Isso prova que o perfil da maioria dos viajantes mudou e, atentos a isso, os hoteleiros precisam também marcar presença online, nas famosas OTAs.

No entanto, gerir todos esses canais de reserva significa estar atento a uma grande quantidade de informações que não podem estar erradas. Disponibilidade de quartos, tarifas, restrições e atualização de reservas extranets, quando realizadas de maneira manual, podem demandar muito esforço e tempo – além de abrir espaço para diversos erros.

É preciso muito cuidado e foco na gestão de OTAs para evitar prejuízos ao seu hotel. Os principais problemas que a falta de controle das reservas em online travel agencies causa são:

  • Overbooking;
  • Venda por um valor de diária mais barato, uma vez que o tarifário estava desatualizado.

Neste cenário, os hotéis precisam ampliar rapidamente sua visão estratégica.

3 dicas para gestão de OTAs

  • Dê a atenção necessária para seu inventário

O principal conflito de dados em online travel agencies e hotéis é a disponibilidade de quartos. Além da possibilidade de permitir uma reserva sem que haja acomodações vagas, há também o prejuízo de liberar uma quantidade de habitações ilimitada para as OTAs. Elas geralmente cobram comissões através de altas porcentagem, diminuindo bastante a rentabilidade de cada reserva.

Dessa forma, o ideal é que cada hoteleiro faça um estudo financeiro e de público, a fim de compreender quais canais é interessante trabalhar, características de cada online travel agency e quantos apartamentos devem ser disponibilizados em cada uma delas. Analisar o mercado e alocar a combinação certa entre os distribuidores é a melhor maneira para maximizar a receita.

  • Monitore seu conteúdo

Existem informações que precisam de constante atualização na gestão de OTAs. Algumas recebem alterações de dados por meio de sistemas extranet, outras por email – o que pode demorar para atualizar seu perfil no canal. Caso você não tenha uma equipe 100% focada nas online travel agencies e, por isso, não consegue monitorar e atualizar todo o conteúdo em tempo real, atente-se: evite o preenchimento de datas, horários, imagens e descrições, itens que precisam de constante atualização.

  • Use um Channel Manager

Um gestor de canais centraliza os dados cadastrados em todas as online travel agencies em apenas um sistema. Dessa forma, você não precisa ter todo aquele trabalho de atualizar o número de quartos disponíveis e as tarifas em cada OTA parceira. Economia de tempo e dinheiro, uma vez que não demanda tanto da equipe.

Existem diversos gestores de canais disponíveis no mercado – muitos desenvolvidos por empresas de tecnologia ou hotelaria. 

Todos os parceiros da OYO desfrutam do Channel Manager da rede, que permite a gestão de OTAs com atualização de disponibilidade automática e precificação inteligente. Além disso, o sistema OYO também permite a adição de canais de venda próprios.

Para guiar sua escolha de gestor de canais, veja as dicas abaixo.

  • Escolha um Channel Manager que faça integração com o seu Property Management System. Apenas dessa forma as informações do inventário, como disponibilidade de quartos e tarifários, atualizarão automaticamente e minimizarão o trabalho da sua equipe.
  • Contrate um gestor de canais com certificação de segurança. Ter todas as reservas e informações de pagamento unificadas exige alto padrão de proteção de dados. FIque atento, principalmente, aos seguintes: Certificação de Segurança PCI para cartões de crédito, exigência de dupla autenticação para login e certificado de segurança no domínio de acesso.
  • Busque um Channel Manager que ofereça comunicação rápida entre extranet e OTAs. Para isso, a velocidade de transmissão dos arquivos deve ser observada. 
  • Observe o suporte técnico oferecido. Como o gestor de OTAs é um sistema de inteligência e automatização, é necessário quem seja da área para auxiliar em qualquer problema. Priorize aqueles que se propõem a te dar atendimento personalizado, todos os dias sem exceção e no seu idioma.
  • Procure empresas que oferecem treinamento da equipe para adaptação ao sistema. Implementar uma nova tecnologia não é tão simples. É necessário capacitação da equipe para que todos no hotel conheçam o funcionamento do novo gestor.

Vantagens de uma boa gestão de online travel agencies

Redução de overbooking;

Economia de tempo e praticidade;

Uso de dados que auxiliam a tomada de decisões inteligente.

Faça parte da rede de hotéis que mais cresce
no Brasil e no Mundo!