0800 000 0696

Como preparar seu hotel para a alta temporada

alta temporada

Por Bárbara Paro, Redatora OYO | 26 de Outubro 2020 

Como preparar seu hotel para a alta temporada

O verão será diferente esse ano com os novos protocolos de higiene e segurança para seguir à risca. No entanto, a grande procura por acomodações pelo Brasil se mantém – especialmente após um período de limitação dos deslocamentos. São muitas pessoas buscando um tempo de descanso em um hotel em que se sintam seguras. Preparar-se para a alta temporada pode ser um desafio, mas quando alguns pontos são observados, a organização e eficiência dos processos são garantidas.

A que deve-se atentar durante a alta temporada?

Não importa o tamanho do hotel, o período de alta temporada pode gerar overbooking e dificuldades no gerenciamento da equipe. Dominar os processos e preparar-se com antecipação permite trabalhar de forma ágil durante os meses com alta demanda, o que se reflete na experiência do hóspede. Fique atento ao:

Número de reservas, para evitar que tenha mais hóspedes do que quartos;

Abastecimento de itens de alimentação e higiene;

Valores de diárias, se estão de acordo com a concorrência;

Equipe, se possui funcionários suficientes para a alta demanda e se estão todos bem treinados;

Protocolos de saúde e segurança, se estão sendo cumpridos rigorosamente frente a alta circulação de pessoas no hotel.

Evite o overbooking

Para isso, siga três passos.

  1. Previsibilidade. Busque dados de anos anteriores para mensurar a ocupação que seu hotel atingiu no período de alta temporada
  2. Integre as reservas. Tenha uma plataforma que compile todos os quartos reservados em todas as OTAs que seu hotel está disponível. O desencontro de informações abre espaço para reservas novas quando seu estabelecimento já está com ocupação total. Ter esses dados integrados permite visualizar o todo e evitar erros.
  3. Limite de datas. Caso considere algumas estratégias para facilitar o controle de reservas, a tática de estabelecer um limite máximo e mínimo de dias de estadia é uma boa opção. Com ela, é possível reter o melhor da eficiência da alta temporada, com todos os quartos ocupados durante todos os dias, sem quebras nas reservas. Isso também minimiza as chances de erros como o overbooking.

Não esteja suscetível a imprevistos de abastecimento

A preparação para a alta temporada é o momento de criar estoques e repôr itens antigos. Mantenha-se abastecido de produtos de limpeza que são usados com frequência e alimentos não perecíveis. Assim, a logística de compras é simplificada, compromete menos sua equipe e garante o abastecimento correto para o período.

Caso haja móveis e outros itens que não estão mais cumprindo seu propósito com 100% de qualidade, como colchões, chuveiros e cadeiras, providencie novos para substituição. A garantia de que os hóspedes tenham momentos de conforto em seu hotel se deve muito a este olhar – especialmente em um período em que a rotatividade de clientes é grande.

Tenha um quadro de funcionários bem qualificado e proporcional à demanda

Qualidade de atendimento, de limpeza e de culinária. Para manter o padrão de excelência, é preciso:

  • Treinar a equipe com base nos processos estabelecidos;
  • Organizar escalas de trabalho;
  • Motivar os funcionários, em um ambiente pautado no respeito, na educação e na proatividade.

Caso tenha necessidade de contratar funcionários para o período de alta temporada, calcule o tempo de execução de um serviço e a quantidade de vezes que ele deve ser repetido dentro do cotidiano do funcionário. Por exemplo, quanto tempo é necessário para higienizar um ambiente após seu uso, quantos espaços existem no seu hotel e com qual frequência eles terão que ser limpos. Assim, conseguirá saber quantos funcionários temporários são necessários.

Precifique corretamente

Durante a alta temporada, é indicado que os valores de diárias sejam maiores que em outros períodos. A demanda sobe e assim também fazem os preços. Pode ser uma boa opção acompanhar os valores da concorrência e buscar entender a sazonalidade da região para não extrapolar ou deixar as diárias muito baratas no momento em que há mais demanda.

Nos hotéis da rede OYO, este não é um problema: a precificação dinâmica da plataforma de reservas já exerce essa função automaticamente, mantendo o valor da diária sempre condizente com a procura por acomodações no período. Essa movimentação dos valores de quartos se mostra essencial para obter lucros tanto na baixa quanto na alta temporada.

Mantenha-se crítico aos seus serviços

Assim, é possível garantir que tudo será feito da melhor forma, seguindo um padrão. Criar um checklist de análise para cada tipo de espaço ou de atividade torna os processos sistematizados e consistentes. Baseado nisso, pode-se avaliar de maneira mais precisa desde como seu hotel está sendo oferecido ao cliente até a real experiência que está sendo entregue.

A criação de uma sistematização com etapas e itens a serem cumpridos também permite saber de forma mais certeira o que deve ser otimizado naquele serviço e qual parte do processo precisa ser alterada.

Comunidade OYO: dicas para o seu hotel

Fique atento ao nosso canal de comunicação OYO e mantenha-se atualizado sobre as tendências do mercado, com dicas para uma boa gestão na indústria hoteleira.

Baixe agora nosso ebook com mais dicas sobre a alta temporada!

Faça parte da rede de hotéis que mais cresce
no Brasil e no Mundo!